GENTIL COM O PLANETA

Transformar a Black Friday num dia de consumo responsável

27 Janeiro 2022

A Black Friday chegou. Esta é uma data que já se tornou no prelúdio das compras de Natal. Desde há algum tempo, praticamente todas as empresas oferecem algum tipo de desconto nos seus produtos, sendo que em muitos deles o preço cai para metade, ou menos, face ao preço original. Perante tamanha avalanche, quem consegue resistir? 

Desta forma, é preciso ter cuidado para não se gastar mais do que o previsto e para que aquilo que ia ser um investimento não se transforme em compras compulsivas sem sentido, já que, com os descontos, há sempre uma desculpa para comprar mais e, às vezes, até para comprar demasiado e desnecessariamente. Na verdade, se a mentalidade de consumo não mudar, em 2050, segundo o World Wide Fund For Nature (WWF), será necessário o equivalente a quase três planetas para fornecer os recursos naturais de que a população precisa. É por isso que os pequenos gestos de consumo responsável no dia a dia podem ser muito importantes. 

E como todas as boas ações devem ser precedidas de reflexão, antes de nos apressarmos a comprar algo durante a Black Friday, devemos perguntar-nos se realmente precisamos disso ou se se trata apenas de um capricho passageiro. Saber distinguir desejos de necessidades é essencial para não nos deixarmos levar pela imensidade de ofertas.

Na Sanicat, estamos plenamente conscientes de que, por vezes, é difícil resistir às pechinchas, e isto também inclui os produtos para os nossos animais de estimação. É bom tirar partido deste dia e das ofertas nas lojas online de confiança que possamos encontrar, desde que a compra faça sentido e se preveja a utilização do produto num futuro próximo. 

Na Sanicat também nos preocupamos com o bem-estar do nosso planeta, por isso temos como missão reduzir o nosso impacto ambiental. Desta forma, para evitar que compre de uma forma compulsiva, deixamos-lhe duas dicas para fomentar um consumo mais responsável durante a Black Friday: faça uma lista de tudo aquilo que quer comprar e divida-a em desejos e necessidades. Assim, pode evitar deixar-se levar pelos impulsos. Além disso, é aconselhável que não se deixe levar pelos descontos e que tenha em conta duas premissas antes de fazer uma compra: ver se o preço é razoável e se realmente precisa do produto.

Desta forma, com pequenos gestos, podemos ser mais racionais na hora de aproveitar os descontos e valorizar realmente as nossas necessidades de adquirir novos produtos. E, sempre que tenhamos de comprar algo, devemos fazê-lo da forma mais sustentável possível.