CONHEÇA E AME O SEU GATO

3 truques para que o seu gato acolha o seu novo gatinho

13 Junho 2021

A chegada de um novo gatinho a casa é uma alegria para os donos, mas uma situação um pouco difícil para os gatos que já são veteranos, pois esses animais de estimação são muito territoriais, amantes da estabilidade e pouco fãs de mudanças. No entanto, depois de um certo tempo, o gato mais adulto acaba assimilando o recém-chegado, e ambos se tornam grandes companheiros de brincadeira. Para tornar esta transição mais fácil e agradável para todas as partes, os proprietários podem implementar algumas pequenas dicas. Neste artigo, apresentamos três truques para que o seus gatos e gatinhos tenham um bom período de adaptação.

 

1.Inicie a adaptação separadamente

Quando um gato chega a uma nova casa, sente-se muito desorientado, expondo-o à presença de outro gato, que também será hostil, não o ajudará a adaptar-se facilmente. Para que o novo residente entre gradualmente no ambiente, equipe uma sala ou parte da casa com tudo o necessário para acomodá-lo no primeiro ou primeiros dias e impeça que o seu outro gato entre lá.

É importante ter em mente que, embora os gatos estejam separados no início, ambos estarão cientes da presença do outro devido ao seu cheiro; portanto, deve dar miminhos e atender igualmente a ambos para evitar ciúmes desde o início. Além disso, como os gatos se conhecem precisamente através do cheiro, pode levar coisas de ambos ao outro para que eles cheirem e se familiarizem com o novo parceiro antes de conhecê-lo "pessoalmente".

2.Inicie as apresentações

Se permitiu que os gatos se familiarizassem com o cheiro um do outro, o primeiro encontro será mais fácil. Também é conveniente que deixe o novo gatinho explorar o resto da casa à vontade, mantendo o gato mais velho em outro quarto.

Feito isso, pode começar a organizar o primeiro encontro. Lembre-se de que o seu gato mais velho pode estar mal disposto e hostil, e que o menor pode se sentir constrangido ou assustado. Deixe-os fazer contato aos poucos e, se algum decidir sair, deixe-o fazer sem forçá-lo a interagir com o outro gato. Crie um ambiente seguro e supervisionado para realizar estas primeiras reuniões com calma e verá como, pouco a pouco, eles se acostumarão à presença de outro gato em casa.

3.As caixas de areia: cada um, a sua

Para evitar possíveis rivalidades e problemas territoriais, é importante que todos tenham a sua caixa de areia. Além disso, se quiser ajudar o novo gatinho a se acostumar a fazer as necessidades dele lá, poderá dar-lhe um prêmio sempre que ele a usar corretamente. Também é importante que todos tenham o seu próprio bebedouro e tigela de comida, além de áreas separadas da casa onde tenham o seu raspador ou cama. Os gatos têm inveja do seu espaço, portanto, dar-lhes alguma autonomia e independência contribuirá positivamente para uma boa vida.

Com estes três simples truques, verá que, após um tempo razoável de adaptação, os seus se tornarão ótimos companheiros de brincadeira e acabarão gostando da companhia e gostando muito do seu novo amigo.